Equilíbrio emocional e Sustentabilidade – sobre reconhecer e se reconhecer no mundo

Compreender a sustentabilidade é compreender-se enquanto parte da grandiosidade da vida que acontece no mundo. É reconhecer o nosso mundo externo e reconhecer-se a medida em que compreendemos a nós mesmos, que a forma como enxergamos e interagimos com o mundo externo é fruto de como nos relacionamos com o nosso mundo interno.

 

Desta forma, quando se fala em sustentabilidade e sobre a liderança em sustentabilidade, naturalmente, é preciso falar sobre a nossa saúde, física, emocional e psicológica. Esta é uma dimensão essencial de ser trabalhada quando nos preocupamos em propiciar a transição para um modelo de vida que sustente a vida.

A sustentabilidade dos sistemas naturais se baseia na qualidade do relacionamento que há entre as diferentes formas de vida que habitam o planeta. Para nós seres humanos, passa pela qualidade do relacionamento que temos conosco, com nossas próprias emoções.

Todos sabemos o desafio de lidar com as próprias emoções a dificuldade para identificá-los e conduzir nossas atitudes de forma que gere o melhor resultado para nós e para os outros.

Para aqueles que trabalham empreendendo, liderando ações de sustentabilidade, há diferentes situações em que nossa capacidade de equilíbrio, resiliência são testadas. Situações em que, se não soubermos lidar com nossas emoções, podemos comprometer o sucesso do projeto que estamos liderando.

Programa CEB – Cultivando Equilíbrio Emocional (Cultivating Emotional Balance)

 

 

Pensando nisto, a Design ao Vivo realiza, de 13 de maio a 25 de junho  o programa CEB – Cultivando Equilíbrio Emocional (Cultivating Emotional Balance).


Palestra Gratuita

No dia 04 de maio a Design ao Vivo realizará uma palestra gratuita sobre o CEB, um convite para que interessados possam conhecer mais sobre o tema e o programa.

 

 

 

 

Sobre o CEB

Paul Ekmann, considerado um dos maiores psicólogos do século XX, e Alan Wallace, reconhecido erudito do budismo tibetano, físico e professor, desenvolveram, a pedido de S. S. Dalai Lama, o programa  “Cultivating Emotional Balance” (Cultivando o Equilíbrio Emocional – CEB), um curso internacional que promove conhecimento e ferramentas para trabalharmos o mundo das emoções a fim de cultivarmos felicidade e bem-estar sustentáveis.

O programa será facilitado por Rosa Frazão, praticante de meditação há mais de 15 anos, tendo aprofundado sua prática em diversos retiros na Tailândia, India, Austrália e Estados Unidos com mestres como S.S. Dalai Lama, Tsoknyi Rinpoche e o professor Alan Wallace. Rosa é certificada como instrutora internacional do curso Cultivating Emotional Balance (Cultivando o Equilíbrio Emocional) pelo Santa Barbara Institute of Consciousness Studies, na Califórnia. Atualmente é tradutora de conteúdos científicos relacionados ao budismo.

Serviço:

CEB  –  Cultivando Equilíbrio Emocional (Cultivating Emotional Balance)

Desconto especial para inscrições até o dia 30 de abril.

Palestra Gratuita

Dia: 04 de maio das 19h00 às 22h00

Local: Sede da Design ao Vivo – Rua Dom Alberto Gonçalves 556 – Mercês.

Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/1885249245087786/

Programa CEB

Data: De 13 de maio a 25 de junho  (encontros quinzenais aos sábados e manhãs de domingo.)

Sábados: 8h30 às 18h | Domingos: 9h às 12h

Local: Sede da Design ao Vivo – Rua Dom Alberto Gonçalves 556 – Mercês.

Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/403336640025000/

Mais informações e inscrições:

Bernadete Brandão 41-88189989 [por whatsapp]
equilibriocuritiba@gmail.com

Você gostaria de fazer o Programa de Ecodesign mas perdeu o módulo 1? Ainda há tempo para participar!

 

 

Você gostaria de fazer o Programa de Ecodesign mas perdeu o módulo 1?

Devido à procura por inscrições para participar do Programa de Ecodesign após o início do módulo 1, a Design ao Vivo abrirá mais uma possibilidade de participação.

No sábado, dia 29 de abril,  haverá uma aula de atualização em relação aos conteúdos que foram passados no módulo 1 do programa – Parâmetros para o Ecodesign e a Sustentabilidade.

Onde será realizada a aula de atualização?

Sede da Escola Design ao Vivo – Rua Dom Alberto Gonçalves, nº 556 (esquina com Paulo Graeser Sobrinho), bairro Mercês, Curitiba.

E o horário?

Sábado, das 8h30 às 22h00

Como faço para participar da aula de atualização e do Programa de Ecodesign?

Para participar, é necessário fazer a inscrição para o programa.

Faça sua inscrição aqui!

Em caso de dúvidas entre em contato conosco pelo e-mail contato@designaovivo.com.br

 

SOBRE O PROGRAMA DE ECODESIGN

O Programa de Ecodesign da Escola Design ao Vivo, tem uma abordagem transdisciplinar e integradora, de co-construção, de se colocar pessoalmente e coletivamente para o desenvolvimento da visão sistêmica da sustentabilidade, criando habilidades para aplicar critérios e modelos práticos em projetos visando inovação, lucros e soluções sustentáveis, e articular o maior número de participantes e seres para sincronizar um círculo virtuoso de produção e consumo.

O programa visa pelo uso de conceitos, metodologias e ferramentas para reduzir o impacto sócio-ambiental de produtos e serviços, habilitando-nos a atuar em cadeia e processos produtivos, integração da rede de participantes e fornecedores, em soluções ambientais e de inovação social e na comunicação com o público consumidor para conscientizar e criar empatia e responsabilidade.

Saiba mais sobre o Programa de Ecodesign clicando aqui!

 

 

 

 

O Ecodesign como estratégia de desenvolvimento de competências profissionais e empreendedoras

O profissional de sustentabilidade tem uma importância fundamental no desenvolvimento de projetos nos diferentes segmentos de produção de produtos e serviços. A área ambiental é uma das mais promissoras e vem se ramificando em novas profissões, dentre elas, a figura do ecodesigner, seja para desenvolvimento de projetos de produtos, serviços e processos, como também na gestão de sustentabilidade dentro das empresas, e no lançamento de novas iniciativas empreendedoras.

O ecodesigner é um profissional com competência para entender cenários complexos, avaliar impactos de empreendimentos de forma sistêmica, traçar critérios de sustentabilidade para projetos e encontrar soluções criativas para impedir a contaminação de solo,dos lençóis freáticos e do ar, a escassez de recursos, preservar e conservar a biodiversidade de sistemas naturais assim como bens imateriais, além de incluir a cultura de povos tradicionais.

Da mesma forma, empreendedores de seu próprio negócio, precisam desenvolver competências de caráter humano e técnico, que os prepare para poder olhar sistemicamente e aplicar soluções sustentáveis para seus empreendimentos.
A sociedade e, consequentemente, o consumidor está cada vez mais consciente e exigente da qualidade do que consome, não apenas pelo impacto que este terá em sua vida pessoal, mas pelo impacto gerado por seu processo produtivo na sociedade e nos sistemas naturais. Este aumento de consciência e mudança de comportamento social vem como consequência da maior evidência em relação aos impactos gerados pelo consumo no mundo, o que exige de profissionais e empreendedores, um olhar cada vez mais sensível, uma mente cada vez mais criativa, as habilidades técnicas e a atitude necessária para idealizar, planejar e executar projetos que integrem as diferentes dimensões da sustentabilidade e, desta forma, seja lucrativo para todos, para o empreendedor, para a sociedade e para o planeta, destaca Bernadete Brandão, ecodesigner e diretora da escola Design ao Vivo

Esta evolução do entendimento sobre o que é sustentabilidade e todas as competências necessárias para a aplicação correta deste conceito, vem trazendo a necessidade de novas referências e modelos de desenvolvimento de projetos.

As dimensões da sustentabilidade nos processos e serviços, proposto por Ignacy Sachs, propõem os eixos desta visão sistêmica e articulada.

Esta visão mais ampla, que contempla outros aspectos além das dimensões social, econômica e ambiental, permite ao profissional mais possibilidades de avaliar o real impacto que um projeto, seja ele de produto ou serviço, podem gerar.

Formação em Ecodesign

No dia 6 de abril a Design ao Vivo lançará a terceira edição do Programa de Ecodesign. O curso é coordenado pela ecodesigner curitibana Bernadete Brandão e terá a participação de professores de todo o país. Serão 13 módulos no total, sendo dez módulos de aulas teóricas e três módulos para a execução de um projeto aplicado na prática na forma de projeto e seminários orientados por tutores e mentores. “Estes professores trarão a inspiração para alimentar os grupos de aprendizagem e prática”, comenta a especialista.

No conteúdo programático da formação estarão temas como a Economia na forma de compreender ‘uma outra economia’ a do Capitalismo natural, a da Economia Solidária, Ecologia, Ética Profunda, Consumo e Mercado ético, bem como diferentes temáticas e ferramentas do Design, como o EcoDesign Thinking, Slow Design, Biomimetismo e Criatividade, Design e Inovação Social, entre outras. Entre as ferramentas de reflexão estão a Meditação e Rodas de conversas e diálogos em grupos de aprendizagem.

A proposta é um curso onde o aluno seja protagonista do seu próprio desenvolvimento, sendo capaz de fazer escolhas valorizando a integralidade do ser humano, bem como, sua visão de mundo, suas vivências e experiências.

O programa é voltado para líderes empreendedores de novos negócios ou que empreendem internamente em uma organização. Entusiastas, ativistas, criativos, planejadores, gestores. Profissionais e graduandos de várias áreas de formação, consultores e profissionais graduados nas áreas de Design, Engenharia, Arquitetura, Inovação Social, Economia, Biologia, Comunicação, Marketing e Humanas.

LANÇAMENTO:

O Programa de Ecodesign tem início no dia 7 de abril e no dia 6 de abril a Design ao Vivo irá oferecer uma aula inaugural aberta a todos.

CONFIRA A AGENDA DE ATIVIDADES:

6 de abril
Programa de Ecodesign – Aula Inaugural
Palestra Ecodesign,nutrindo a felicidade, com bernadete brandão
Horário: 19 horas
Local: Sede do IBQP – R. Dr. Corrêa Coelho, 741 – Jardim Botânico, Curitiba – PR, 80210-350

Dias 7, 8 e 9 de abril – Módulo 1 – Parâmetros para o Ecodesign e a Sustentabilidade
Local: Sede da escola Design ao Vivo – Rua Dom Alberto Gonçalves, nº 556 esquina com Paulo Graeser Sobrinho, Mercês.

BERNADETE BRANDÃO

Coordenadora da escola Design ao Vivo – Escola de Formação em Ecodesign, Biomimetismo, Métodos para o Design Sustentável e outros cursos e práticas ligados a sustentabilidade. É designer de produto, formada pela Universidade Federal do Paraná (1983), autora premiada de diversos produtos ecossustentáveis e consultora de empresas em gestão do design, design estratégico e design sustentável.

INFORMAÇÕES:

E-mail: contato@designaovivo.com.br
Tel/whatsapp : 41.988189989
Site: www.designaovivo.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/designaovivo/?fref=ts