Um organismo vivo chamado Amazônia

E se, ao invés de o “pulmão” do mundo, entendêssemos a floresta amazônica como um organismo vivo, com um sistema de órgãos e funções complexas, essencial para a manutenção dos sistemas naturais em seu entorno?

Antonio Donato Nobre, PhD em Earth System Sciences (Biogeoquímica) pela Universidade de New Hampshire, nos explica como a amazônia age como uma usina de serviços ambientais comparável a 50 mil Hidrelétricas de Itaipú, que nos fornece, gratuitamente, os recursos necessários para manter o equilibrio ecológico da região centro-oeste e sudeste do paí de forma simples.

Nesta breve apresentação, o pesquisador destaca a importância deste ecossistema para a manutenção do clima no Brasil e no mundo e como esta descoberta nos mostra que é possível sim recuperar os diferentes ambientes degradados pela ação do homem, incluindo desertos.

 

“Se pudéssemos estabelecer florestas nessas outras áreas, podemos reverter as mudanças climáticas , inclusive o aquecimento global.”

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.